Cartola FC: Nino Paraíba é o mito da 1ª rodada; e Tomas Bastos surpreende - Cartola MIL GRAU

Cartola FC: Nino Paraíba é o mito da 1ª rodada; e Tomas Bastos surpreende

Maior pontuador da vez, lateral da Ponte faz 22,80 pontos e ajuda mais de 388 mil esquadrões – inclusive o seu; escalado por cinco cartoleiros, meia do Coxa faz 17,90

O MELHOR DA RODADA: O primeiro mito do Cartola FC 2017 já tem nome e clube: Nino Paraíba, da Ponte Preta. O lateral marcou seu primeiro gol pela Macaca e, de quebra, foi o maior pontuador da rodada #1 do game – com 22,80 pontos. Ele estava em 388.188 esquadrões e fez a alegria da galera! nino

O PIOR DA RODADA: Como nem tudo são flores, é óbvio que também teve jogador mandando mal. E muito! Klever, do Atlético-GO, ficou com o posto de pior da rodada logo na estreia do Brasileirão. Foram quatro gols sofridos, nenhuma defesa difícil para “salvar” e um passe errado: -8,30 pontos na caixa. A parte boa – ou menos pior – é que ele estava em apenas 12.626 times de um universo de 4,10 milhões. A pergunta é: você foi o “felizardo” que o escalou? Mas não foi só Klever que quebrou não, viu?! Magrão, do Sport, também decepcionou os 46.851 cartoleiros que o escalaram. A única diferença é que o goleiro do Leão não errou passes, ficando com -8,00 pontos no game. Que maravilha! #SQN pior

Amigos, faltam palavras para descrever o que aconteceu nesta segunda-feira. Tomas Bastos, do Coritiba, entrou no lugar de Anderson, que se lesionou ainda no primeiro tempo, e marcou dois gols de falta. Incrível? Sim! Mas a parte mais inacreditável foi: ele estava em apenas cinco times.

SELEÇÃO DA RODADA: Uma das coisas mais emocionantes do Cartola é ver quais jogadores foram bem rodada. A parte ruim é que quase nunca eles estão em nossos times. Fazer o que?! A seleção da estreia pode ser montada tanto no 4-3-3, quanto no 4-4-2. Isso porque o atacante Henrique “Ceifador” Dourado, do Flu, e o meia Zé Rafael, do Bahia, fizeram exatamente a mesma pontuação: 15,90. Já que o 4-3-3 é o esquema predileto da galera, optamos por ele. selecao_ok As curiosidades ficam por conta de Gatito Fernández, que apesar de ter sofrido os dois gols da derrota do Botafogo para o Grêmio, foi o melhor goleiro da rodada (graças a cinco defesas difíceis); do fator surpresinha de Tomas Bastos; e pelo fato de nenhum dos mais escalados ter entrado. É brincadeira, viu?! A seleção dos mais escalados, inclusive, fez 57,73 pontos a menos – 121,72 a menos do que a seleção da rodada. Que fase!

Fonte: Globoesporte

Veja os jogadores mais escalados da 02ªrodada: AQUI